Televisão

American Idol – XIV Temporada

Durante o último ano estive a me martirizar por ter cometido um dos erros mais crassos da minha estada em Los Angeles. Explico. Estava eu de malas prontas para embarcar ao Brasil para o casamento de uma amiga minha quando, depois de quatro meses em uma fila de espera, recebo um email do site On Camera Audiences avisando que ingressos para a final de American Idol estavam disponíveis. Como o show era gravado às quartas e quintas imaginei, sem sequer ler, que não poderia ir, pois meu voo era na quinta de manhã.

Qual não foi o ódio em meu coração quando vi as propagandas na televisão avisando que para sua final o show seria durante a terça e quarta? Foi então que estabeleci uma meta: em 2015 faria o possível e impossível para ir a uma gravação. E ontem, finalmente, meu sonho se tornou realidade.

10985408_10205318131846870_442539862780907839_n

Desde que assisti Taylor Hicks ser coroado American Idol sonhei com o dia em que veria Ryan Seacrest and carne e osso. E esse ano talvez tenha sido melhor pois, finalmente a final volta a ser gravada no Dolby Theater, aquele teatrinho na Hollywood Blvd onde acontecem todos os anos o Oscar e que um dia já foi o Kodak Theater, sabe? Se você é meu amigo chegado: POIS É.

Em um primeiro momento conseguir tickets para ser seat-filler, que nada mais é uma pessoa que não deixa nenhum assento vago. Se alguém levanta para ir ao banheiro um seat-filler é automaticamente chamado para sentar naquela poltrona, para que a audiência do show não ache que o teatro está vazio.

Mas ao acordar na manhã de ontem me deparei com a opção de trocar meu ingresso de seat-filler por um regular, com lugar marcado.

Cheguei ao teatro à 1pm. Mas a fila virava a esquina, então, 20 minutos depois uma pessoa da equipe começa a andar pela fila anotando em nossos ingressos que estaríamos em “standby”, que teríamos que aguardar no sol da California por mais algumas horas para saber se conseguiríamos entrar no teatro ou não. Passado alguns momentos ela volta, perguntando quem estaria disposto a se voluntariar a ser seat-filler. Como minha vontade de assistir ao show era grande, não pensei duas vezes. E que boa ideia.

Passamos horas em pé no lobby do teatro. Das 2PM até as 5PM. Sem nada para fazer, vendo pessoas passarem, aguardando.

E então finalmente nos deixaram entrar. Em um primeiro momento tomei um lugar nas primeiras filas do lado direito do palco, onde os participantes eliminados entraram e sentaram.

Depois de alguns minutos fui chamada para sentar onde os familiares estariam, e não levou muito tempo para um senhorzinho me dizer que aquele era seu lugar, pulei para uma poltrona a direita e começamos a conversar. Ele é o avô de Clark Beckham, que está na final. Primeira vez voando de Nashville para Los Angeles para ver seu neto no palco. Quando o perguntei como ele se sentia vendo Clark se apresentando para toda nação ele disse: “nós sempre soubemos que ele tinha talento, os pais dele são músicos, mas nunca imaginei que ele fosse talentoso ao ponto de chegar até aqui”.

Não demorou para o resto da família chegar e eu ser removida. Retorno ao meio do setor. Converso com uma menina de aproximadamente 12 anos, segurando cartazes de apoio a JAX, interessada em saber como funcionava o sistema de seat-filler. Até que sou chamada a mudar de lugar.

A paciência começava a se esgotar quando me encaminharam para o setor localizado exatamente em frente ao palco, com uma poltrona bem no meio, em frente ao teleprompter, onde passaria o resto da noite sem precisar me mover.

Acabei agraciada com o melhor assento do teatro. Não apareci na tevê, uma pena, mas acompanhei o show da melhor forma possível, conseguindo ver tudo.

A experiência de assistir um programa de televisão ao vivo é um tanto quanto estranha. Por exemplo, no teatro, ao som de gritos de todos os fãs ecoando, você não consegue escutar Ryan dizer a icônica frase “THIS is American Idol”.

Da mesma forma, após as apresentações, tudo que você vê dos jurados são suas costas criticando os talentos. A cada comercial o animador da plateia retornava, sorteando brindes, tentando fazer o povo não perder o entusiasmo.

Enquanto Keith Urban se enfiava no meio da plateia para tirar fotos, Harry Connick Jr andava por entre as fileiras do teatro encontrando seus conhecidos e batendo papo e J.Lo sequer se movia de sua cadeira de jurado.

Durante a uma hora de show era possível perceber como a pose da diva causava comentários na audiência. Enquanto os dois rapazes estavam para cima e para baixo tirando selfies, J.Lo tomava seu chá do Starbucks trazido por um assistente, recebia retorques de maquiagem e de cabelo e ficava lá, parada.

Uma vez que o show terminou, porém, ela se levantou em toda sua graciosidade e deu a volta no círculo de pessoas ao redor da bancada dos jurados tirando fotos com absolutamente todas as pessoas que ali estavam empunhando seus celulares.

O show durou uma hora, onde os dois finalistas – JAX foi eliminada em uma abertura “seca” e o show teve início com apenas dois competidores – que apresentaram três músicas, a favorita dos participantes, a escolha do criador da série Simon Fuller e finalmente o single que será o carro chefe da carreira caso eles ganhem.

No teatro a música parece que te envolve, a acústica é maravilhosa e as performances ganham um colorido completamente diferente da televisão.

Clark nunca foi meu competidor favorito, sempre torci por JAX e Nick, mas ontem, assistindo sua performance tive que admitir, ele é o mais competente para ganhar a competição. E nem foi por conversar com o avô dele, juro.

Após o show a plateia foi convidada a ficar por mais duas horas, para a gravação de dois shows que vão ao ar hoje, durante a final, como se fossem ao vivo: uma apresentação de Keith Urban da música Even the Stars fall 4 U e a apresentação dos jurados juntos: Keith, J.Lo e Harry apresentam a música Diamonds, da Rihanna e em seguida Locked out of Heaven, de Bruno Mars. Como as apresentações eram gravadas, Keith teve que repetir sua performance uma vez, enquanto o trio acabou por se apresentar juntos três vezes, diante de ajustes para que hoje, durante a final, todos acreditem que aquela incrível performance é ao vivo.

Anúncios

Leiloe a sua ideia :D

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s