Living LA · Pipocando no Cinema

A história por trás de Signs

Signs é o curta-metragem que estou produzindo como projeto intermediário para o meu master em cinema pela New York Film Academy. Não confundir com o filme do Mel Gibson com os ETS que tem medo de água. O curta conta a história de Alessandra, uma cabeleireira que dá conselhos aos seus clientes (amorosos ou não) baseados na vida de cada um. Nessa história entra também Fernanda, a mãe de Alessandra, que é uma cartomante, Sarah e prima loira de arrasar quarteirão e David o namorado de cinco anos de Alessandra. O curta está em fase de pré-produção e o projeto está no ar pelo Catarse http://catarse.me/pt/signs Preciso arrecadar R$10.000 até dia 23 de junho e ainda estou em apenas 24% do valor, vem gente.

OS PERSONAGENS

Alessandra: apesar do ar de bem-resolvida, Alessandra é a típica pessoa insegura. Nem preciso dizer que o personagem é baseado em mim, né?

Leila Vieira - Signs

Sempre tem um personagem baseado no autor/escritor/diretor nesses filmes de iniciantes. Ela é apaixonada por signos (oi, eu também), extremamente influenciável pela sua mãe, que tira tarot pra ela todos os dias, e tem um relacionamento meio estranho com o namorado de longa data. Além disso ela cresceu junto com a Sarah, sua prima.

Fernanda: essa personagem, que é uma cartomante amargurada, foi baseada na minha melhor amiga de infância, chamada… Fernanda.

1011425_1481054798791030_558103998796948620_n

Oi, criatividade. Mas calma gente, minha amiga não é amargurada, essa característica é só do personagem, a gente baseia em superficialmente em pessoas que a gente conhece e depois contorce todos os contextos. A Fernanda da vida real foi a minha maior incentivadora em entender de signos, ler horóscopos, essas coisas. Adorava as histórias de quando a mãe dela tinha ido à cartomante. A Fernanda, personagem, foi largada pelo marido quando a Alessandra ainda era criança, então dá pra entender o senso de manipulação da pessoa, né?

Sarah: prima de Alessandra é aquele parente que a gente confia desconfiando. A inspiração pra Sarah veio de babado, confusão e gritaria que rolou na minha família esses tempos. Se na hora a gente se desespera depois a gente transforma a experiência em arte, né? Pois a Sarah é aquela pessoa que você não põe a mão no fogo, mas ela faz as coisas por falta de noção mesmo.

David: talvez o personagem que ainda está menos definido ele não foi baseado em ninguém. Ele é um tanto manipulador, como algumas pessoas que eu conheço, mas também é um apaixonado. É ele que inicia todo o dramalhão mexicano do curta (brinks, sem referencias a Usurpadora).

 Por ora é isso, fiquem ligados, contribuam com a minha causa e logo mais teremos informações adicionais sobre o filme!

Anúncios

Um comentário em “A história por trás de Signs

Leiloe a sua ideia :D

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s