Joinvilando

Disfarçando as Evidências – Parte 2, versão Joinville

Desde que a Wood’s chegou a Balneário Camboriú eu tenho lá minhas dúvidas a respeito do quanto os catarinenses realmente gostam de sertanejo. Nos últimos anos o ritmo que vem embalando o país ganhou espaço em inúmeras baladas da região, mas o povo, gélido que só vendo, não demonstra real interesse em socializar.

E esse meu pensamento ganhou ainda mais força com a inauguração da Idem Gold, em Joinville. Ontem pude conferir de perto a nova casa, exclusivamente sertaneja, da cidade. A primeira impressão foi a que ficou: um anão servindo champanhe ao público que estava na fila esperando para entrar. Todos meus amigos sabem que eu tenho certa simpatia por pessoas com nanismo, e o Carlão, com seu muito bom humor, foi realmente um show a parte logo na chegada.

A casa, luxuosa, com inúmeros espelhos e belos acabamentos, deixa muito a desejar no quesito conforto. As mulheres que sofrem com os impiedosos saltos altos sabem o quanto faz falta um banquinho no banheiro, alias, banheiro esse extremamente apertado. Mas o aperto já entra na jogada. Ainda falando em conforto, e não digo isso por ser filha de comerciante de ar condicionado, o sistema de refrigeração da Idem Gold foi extremamente mal planejado. Imagine você estar em uma balada dançando a noite inteira, na cidade de Joinville, com umidade relativa do ar ridícula de alta e o sistema de refrigeração deficiente? Logo as paredes de espelhos estavam tão ou mais suadas quanto os frequentadores da casa, que se apertavam uns nos outros, transferindo suor a desconhecidos. Um primor.

Mas deixando o suor alheio de lado, e ainda falando em ambientes apertados, o que pode saltar aos olhos, ou ser simplesmente uma ilusão de ótica, vai saber, é o tamanho da casa. Quem passa pela Rua Blumenau imagina um local com interior amplo, vários ambientes, circulação privilegiada. Aí você entra, se depara com um palco menor que um camarotezinho, uma pista de dança estreita, um banheiro minúsculo, e se pergunta: “como isso aqui pode ser tão pequeno?”, a resposta a essa pergunta, não passa de boato, boato esse que vai deixar a Marlene* de cabelo em pé, logo, logo. Até por que, com ônibus fretados com dançarinas da noite vindas de Florianópolis, é mesmo de se imaginar que um espaço limitadamente frequentável realmente exista.

Com relação às apresentações, nada a reclamar. As duplas que se apresentaram nessa semana são todas as velhas conhecidas aos frequentadores de Wood’s, ou seja, duplas de qualidade. O sistema de som também não deixa a desejar. O que deixa, e muito, a desejar são os catarinenses. Imagine você em uma balada sertaneja onde ninguém dança. Ok, estou exagerando, imagine você em uma balada sertaneja onde as únicas pessoas que dançam são as piriguetes rebolando até o chão e sendo assediadas de toda forma e os rapazes vindos do Paraná ou de São Paulo, que sabem conduzir e não chegam em uma mulher apenas para tentar atacá-la. Vocês vão pensar que é coisa da minha cabeça, mas quando um rapaz te tirar pra dançar em Joinville, ou BC, que seja, pergunte da onde ele é, não falha. Ontem, alias, dancei com um acreano LEGÍTIMO, mas não com um catarinense.

Ou os catarinenses tem dois pés esquerdos, ou são muito tímidos, ou metidos a besta mesmo. Gosto de pensar que é uma combinação de tudo. Diante desse maravilhoso público – cofcof – que já deixou uma casa exclusivamente sertaneja falir na cidade, e proporciona o declínio da Wood’s BC a cada dia que passa, é de se torcer que os boatos relativos ao tamanho da Idem Gold a salvem, ou quem sabe, os shows nacionais prometidos – como Bruninho e Davi e Thaeme e Thiago, mantenham a casa aberta por algum tempo. Eu, particularmente, gostei de ter uma opção sertaneja perto de casa, e vou gostar mais ainda o dia que eles derem um jeito no sistema de ar condicionado – antes do verão, de preferência.

*Proprietária de uma casa de shows para adultos, muito famosa na cidade.

Anúncios

3 comentários em “Disfarçando as Evidências – Parte 2, versão Joinville

Leiloe a sua ideia :D

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s